Em relação à reportagem de duas páginas “O fim dos canudos plásticos em Santa Catarina”, publicada nesta data no Diário Catarinense, A Notícia e Jornal de Santa Catarina, gostaríamos de fazer  importantes considerações:

 

  1. Houve um grave equívoco, na reportagem, em relação ao que foi aprovado na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, quando afirma, no título “o fim dos canudos plásticos em SC”, e informa na abertura do texto, sobre proibição “a usar o canudo biodegradável ou semelhante em detrimento ao produto plástico”.

 

  1. O texto aprovado pela ALESC – e que segue para sanção do governador Carlos Moisés – tem por base a emenda substitutiva global ao projeto de lei nº 0152/2018:

“Dispõe sobre o dever de os estabelecimentos comerciais e os serviços ambulantes utilizarem canudos fabricados com produtos biodegradáveis, recicláveis ou esterilizáveis e reutilizáveis, no estado de Santa Catarina.

 

  1. A restrição foi direcionada a materiais não recicláveis, não biodegradáveis e não reutilizáveis – ou seja, produzidos com materiais pró-degradantes, oxidegradáveis e oxibiodegradáveis, que de fato são prejudiciais do ponto de vista ambiental. Plásticos são 100%recicláveis e foram contemplados no projeto aprovado. Não existe "plástico de uso único"; após o uso ele se torna matéria-prima para novas aplicações desde que tenha o descarte correto.

 

  1. Para garantir o descarte correto, o projeto de lei destaca a “obrigatoriedade de os estabelecimentos disporem de contentores ou coletores visíveis para coleta seletiva”;

 

  1.  O projeto de lei encaminhado ao governador  é inovador e positivo, pois respeita a indústria comprometida com a reciclagem  - estimulando a logística reversa - sem onerar o comércio e o consumidor, atendo-se ao cerne do problema. Estimula a educação para o consumo desde a opção de compra, o descarte e a destinação correta pós-consumo dos resíduos produzidos pela sociedade.

 

  1. As entidades do segmento plástico, acreditam ser este projeto, quando sancionado pelo governador, a melhor legislação sobre o tema em todo o país, merecendo ser levada como modelo para implementação em outros estados e municípios.

 

ABRADE - Associação Brasileira de Descartáveis

FIESC – Comitê Estratégico de Logística Reversa

SINPLASC - Sindicato das Indústrias Plásticas do Sul Catarinense

SINDESC -   Sindicato das Indústrias de Descartáveis SC

SIMPESC –  Sindicato da Indústria de Material Plástico SC

ASSOCIE-SE

Compromisso com o desenvolvimento da nossa indústria. Sindicato forte, indústria competitiva.

O SETOR

Clique para conhecer as principais informações e tenha acesso aos indicadores do seu setor.

AGENDA

Prestigie os eventos promovidos e apoiados por seu Sindicato e Associação. Confira as datas.

Clique aqui e acesse indicadores, tendências e demais informações sobre o setor da sua indústria.

Portal Setorial

Posiciona o setor industrial e a sociedade catarinense sobre as obras de infraestrutura no Estado.

Monitora FIESC

Contato


captcha
Powered by BreezingForms

Localização


Rua Ernesto Bianchini Góes, 91 - Próspera ⁞ Edifício Centro Empresarial de Criciúma Sala 201 ⁞ Criciúma/SC ⁞ CEP: 88815-030 ⁞ Telefone: (48) 3461-0933 / (48) 3442-6344